De acordo com a pesquisa EPI 2016, que mede o índice de proficiência em inglês no mundo, feita pela EF (Education First), o Brasil está na posição 40 entre 72 países, e o nível de domínio do idioma é considerado baixo.

Mas porque alguns brasileiros não conseguem aprendem o inglês? Neste artigo, vamos analisar possíveis causas para esse dilema linguístico. Vamos lá?

É preciso falar igual a um nativo?

Não é raro ouvir alguns estudantes de inglês dizer que não conseguem aprendem o idioma porque acham difícil pronunciar as palavras como os nativos. Mas será possível mesmo alguém que não nasceu em um país de língua inglesa falar o idioma perfeitamente?

Embora não seja impossível, é muito raro. Veja um exemplo: talvez você conheça, ou tenha visto por um meio de comunicação, um estrangeiro que vive no Brasil há muitas décadas e que ainda possui um leve sotaque, apesar de falar muito bem nosso idioma.

Isso acontece porque nossa língua materna tem um efeito muito profundo em nós. E falar outro idioma não quer dizer pronunciar as palavras exatamente como os falantes nativos.

Algumas escolas de idiomas contribuem para esse equívoco. Eu tenho uma experiência pessoal: quando me matriculei em um cursinho de inglês, a recepcionista, revelou durante a explicação da metodologia de ensino que, ao atingir um determinado nível de aprendizagem, eu perderia o sotaque e falar como um americano.

Linda promessa, não acha? Mas muito irreal. Sendo assim, nós brasileiros não precisamos nos torturar caso estejamos distantes da pronúncia perfeita. Apenas fale, e a melhora virá com o tempo.

Será que estamos à espera de um milagre?

Outra razão do porquê os brasileiros não aprendem inglês é: pensar que um milagre vai ocorrer assim que iniciam o aprendizado. Isso seria ótimo! Mas não acontece assim. Devido a essa atitude, observamos alunos fazendo um investimento caro em cursos de idiomas e, por fim, não entendem nenhum diálogo passado em um filme.

Para evitar esse comportamento, é necessário ter dedicação, os estudantes precisam encarar as aulas que recebem durante o curso de inglês como uma lanterna que ilumina o caminho, mas é você que terá de caminhar.

Por isso que ouvir músicas, assistir a filmes e seriados, escutar podcasts em inglês e entrar em comunidades que trocam conhecimentos do idioma são algumas das maneiras de exercitar o que aprende no curso.

Os brasileiros não aprendem inglês por que falam apenas português?

Eu achei muito interessante um post feito pelo blogueiro Caio Prezia, que mora em Vancouver, no Canadá, há mais de dez anos. Nesse artigo, ele fala da frustração de ver estudantes brasileiros que vão ao Canadá para um intercâmbio e não se obrigam a exercitar o inglês.

Durante seu desabafo, Caio Prezia ressaltou que esses estudantes falam o inglês dentro das escolas, mas, ao sair desse ambiente, reúnem-se com outros brasileiros para fazer várias atividades e falar português.

Essa atitude é vista não só nos brasileiros que fazem um intercâmbio, mas também naqueles que estudam nas escolas de idiomas no Brasil. Sendo assim, como aprender inglês se não praticá-lo?

Para finalizar, acredito que nós brasileiros temos um potencial de aprendizagem incrível. Para isso, basta apenas deixar de lado a ideia de que conseguiremos muito com o mínimo de esforço, pois essa fórmula está fadada ao fracasso.

O que achou do post? Você tem outra opinião sobre por que alguns brasileiros não aprendem o inglês? Deixe seu comentário!

 

Anúncios